Ideias que
conectam pessoas
Saiba como construir a persona perfeita para suas campanhas

Saiba como construir a persona perfeita para suas campanhas

Antes de criar qualquer tipo de campanha para o seu negócio é preciso saber para quem ela será direcionada. Compreender o comportamento do público é uma tarefa constante para quem vende produtos ou serviços.

Por isso, trabalhar com o conceito de persona é uma estratégia que deve fazer parte de todo plano de marketing.

Neste material, daremos dicas sobre como construir personas, mas antes vamos falar um pouco mais sobre esse conceito, diferenciando-o principalmente da ideia de público-alvo. Muitas vezes, as duas noções são confundidas, porém, não significam a mesma coisa na linguagem do marketing. Continue acompanhando e entenda como isso funciona!

O que é persona?

Persona é uma representação do cliente ideal, sendo um personagem fictício planejado em cima de dados sobre características demográficas, profissão, estilo de vida, objetivos, comportamentos, aspirações, problemas, etc.

É o mesmo que sintetizar em uma pessoa imaginária características reais de clientes em potencial.

A definição da persona não é importante apenas para direcionar campanhas, ela tem uma contribuição importante também para a qualidade do serviço prestado, pois a empresa consegue enxergar se está preparada para resolver aquilo que ela se propõe a fazer.

Como foi dito anteriormente, é comum confundir público-alvo com persona e, embora ambos sejam interdependentes, são noções distintas. É importante entender essa diferença. Veja a seguir!

Persona x Público-alvo

Para ficar bem claro o que cada um desses conceitos significa, vamos demonstrar por meio de exemplos como eles são na prática.

  • Persona

Ana Júlia, 36 anos, formada em Administração há 8 anos, é coordenadora de um departamento de RH e busca novas ferramentas para otimizar os processos de recrutamento e seleção. Responde por muitas funções no seu setor e precisa de soluções que simplifiquem tarefas diárias, melhorando a produtividade da equipe como um todo.

  • Público-alvo

Homens e mulheres, a partir de 30 anos de idade, com ensino superior completo, que exerçam cargos de liderança em empresas e procurem novas tecnologias para automatizar  tarefas ligadas à gestão de negócios.

É possível enxergar com mais clareza que há uma riqueza maior de detalhes na persona. Esse processo de humanizar o público-alvo e representá-lo de maneira mais específica é essencial para planejar uma campanha de marketing de conteúdo, por exemplo.

Entenda como criar uma persona e veja como ela influencia no planejamento e criação de campanhas.

Como criar uma persona?

Digamos que a marca X oferece uma solução em nuvem para empresas de todos os portes que queiram automatizar tarefas relacionadas à gestão.

É preciso destacar que esse tipo de estratégia é para quem não quer perder tempo fazendo campanhas para pessoas que não estejam interessadas nos seus produtos. Em outras palavras, é para quem quer vender para os que precisam (e querem) o que está sendo oferecido.

Parece óbvio, mas representa uma mudança importante de postura, em que qualidade se sobrepõe à quantidade.

Portanto, é hora de dar tchau a quem não quer comprar seu produto — e, acredite, é possível saber quem quer!

Podemos dizer então que o primeiro passo para criar uma persona é conhecer quem precisa da sua empresa. Para isso, tenha as perguntas certas e busque dados concretos. Você precisa saber:

  1. Quem são seus consumidores e por que eles usam o seu produto ou serviço;
  2. O que eles esperam do seu produto.

Seja por meio de formulários, seja por qualquer outra ferramenta de pesquisa, o importante é ir atrás de informações reais.

Após isso, durante a criação da persona, aprofunde mais esses dados, investigando seus valores, preferências, o que consomem, como consomem, onde estão, quais redes sociais usam etc.

Ao final, é preciso ter uma persona com :

  • nome
  • imagem
  • idade
  • renda
  • informações sobre a família
  • nível de escolaridade
  • desejos e receios atuais.

Montar uma representação completa do seu cliente ajudará a criar ações com maior poder de engajamento.

Esses fatores influenciam na linguagem de uma campanha de marketing de conteúdo, escrita ou em vídeo, no design de uma arte, assim como em muitos outros detalhes que determinam o impacto que uma empresa tem sobre o seu público.

Willian Vons

Redator publicitário e fanático por ideias. Graduado em Publicidade e Propaganda, interessado em comunicação, cultura, inovação e, desde cedo, apaixonado por contar histórias através da escrita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *