Ideias que
conectam pessoas
Marketing de influenciadores: o planejamento é a alma do resultado

Marketing de influenciadores: o planejamento é a alma do resultado

Se a sua marca quer aumentar o buzz nas redes sociais e conquistar públicos através de uma ligação mais amigável, o marketing de influenciadores tornou-se uma ótima opção!

A evolução dos métodos de criação de conteúdo para marcas, a validação dos retornos e o entendimento do público quanto a este formato de propaganda são fatores que aumentam os benefícios do investimento em novos rostos defensores e usuários da marca.

A grande questão positiva no formato publicitário que mais cresce no mundo é a possibilidade de chegar em quem está interessado no seu nicho de atuação de forma mais amigável e contando com a grande influência que estes produtores de conteúdo têm sob sua audiência.

Entretanto, alguns fatores devem ser analisados para que tudo caminhe com o DNA da empresa e converse com as estratégias de marketing digital já trabalhadas nos meios digitais. Continue a leitura e confira algumas dicas que preparamos para garantir o sucesso nesse novo formato!

A escolha dos influenciados certos

Uma das maiores questões é a escolha dos influenciadores que mais se encaixam na estratégia da marca. Muitas vezes, a tentação dos milhões pode não ser o melhor para o sucesso no futuro. Cada vez mais, produtores de conteúdo estão focando suas atenções em nichos que podem não render 5 milhões de seguidores ou inscritos, porém, rendem 200 mil extremamente fiéis, participativos e que compram todas as ideias divulgadas por aquela pessoa.

Tudo depende dos objetivos da marca. Para isso, é válido fazer 3 questões:

#1 Quem é seu público-alvo?

Como em qualquer estratégia de marketing, a definição do público-alvo é essencial. Entender o que fazem, o que gostam e o que consomem fará muita diferença no rumo da campanha e, consequentemente, nos resultados obtidos.

#2 Em qual rede social gostaria de se destacar?

Totalmente atrelada à primeira pergunta, a segunda também saí de um profundo estudo de onde seu público está e, mais, como seu produto aparecerá para eles. Cada rede social tem um estilo de comunicação e de público, por isso, a plataforma escolhida não deve ser apenas baseada em número de usuários e sim, no formato que mais se encaixa na sua estratégia.

#3 Quais são os objetivos da ação?

Tendo em mente as duas primeiras respostas, cabe agora definir qual o objetivo da campanha. Se a meta é aumentar o reconhecimento de marca, o número de seguidores é fator crucial; se o que mais interessa é gerar vendas, a atenção deve ser voltada a influenciadores de nicho.

Defina metas claras e específicas

Mais uma vez, tomando como base os trabalhos de marketing clássico, é muito importante ter em mente quais são as metas da campanha e onde a empresa quer chegar com esse investimento para mensurar os sucessos. Os KPIs são as chaves indicadoras de desempenho que devem ser definidas com base no planejamento inicial e estudadas ao fim da ação.

Se o projeto é atingir somente o topo de funil, o estudo dos números pode ser mais complexo e menos assertivo; entretanto, com ações em canais de nicho e movimentações diretas através de links, todos os pontos que trarão respostas são facilmente alcançados.

Por fim, trabalhar com influenciadores é muito mais complexo do que parece. Os números de retorno são bastante atrativos, todavia, alguns questionamentos e estudos devem ser feitos para não despejar dinheiro em uma terra desconhecida.

Willian Vons

Redator publicitário e fanático por ideias. Graduado em Publicidade e Propaganda, interessado em comunicação, cultura, inovação e, desde cedo, apaixonado por contar histórias através da escrita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *