Ideias que
conectam pessoas
Por que você precisa “enxugar” sua equipe agora!

Por que você precisa “enxugar” sua equipe agora!

Semana passada, falamos sobre a importância de contratar pessoas “mais inteligentes que você” para contribuir com o crescimento e o desenvolvimento da sua empresa. Hoje, vamos caminhar na mão contrária dessa perspectiva.

Você provavelmente deve se orgulhar de manter uma empresa e, dessa maneira, abrigar uma equipe grande, composta por muitas pessoas, certo? E, de fato, essa é uma realidade que poucas pessoas vivem.

No entanto, em momentos de instabilização econômica, em que as previsões são de retração e, até mesmo, de quedas impactantes de vendas e negócios, contar com uma equipe muito grande pode representar um risco expressivo à saúde da empresa.

Não é preciso sair enlouquecidamente demitindo seus colaboradores em uma atitude drástica e sem planejamento. É preciso, antes, analisar a situação com profundidade e cabeça fria para entender a melhor atitude a ser tomada.

Entenda seu quadro de funcionários

Você sabe o papel que cada pessoa desempenha no dia a dia da sua empresa? Entende como cada um deles facilita os processos ou contribui para o aumento dos resultados? Se não, esse é o primeiro passo: conhecer com clareza as funções e as pessoas que as desempenham.

Só assim você conseguirá ter uma dimensão da realidade da equipe e começará a compreender onde é preciso mexer.

Reorganize os processos

Processos são a alma de uma empresa. E processos são realizados por pessoas. Então, se você desburocratiza os processos, você simplifica as tarefas e, por fim, você compacta a equipe. Entender o que realmente contribui para o sucesso do seu negócio permite que você faça escolhas mais assertivas, inclusive no que se refere ao seu pessoal.

Dilua funções

Às vezes, as organizações desenvolvem, ao longo do tempo, funções que não são essenciais. Isso faz com que a equipe aumente (e, consequentemente, os custos também).

Nesse processo de análise e reorganização, é imprescindível que você revise essas funções para saber o que realmente precisa de uma pessoa em específico para realizá-las ou se elas podem ser diluídas entre um grupo mais conciso. Isso tudo, é claro, sem comprometer a qualidade do trabalho.

Invista em capacitações para a equipe

Ao investir e incentivar a “pequena” equipe, você os motiva a desenvolver capacidades e habilidades que antes não eram visualizadas. Assim, cursos, treinamentos, momentos de troca de informações enriquecem o entrosamento dos colaboradores e eles, com certeza, estarão mais conectados aos objetivos da sua empresa.

Muito mais do que reduzir custos, “enxugar” a equipe significa evoluir e trilhar caminhos até então desconhecidos. É uma boa oportunidade para aprender que é possível realizar mais com menos, mantendo a qualidade e elevando o padrão!

Michele Garbin

Redatora publicitária, mãe coruja e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, Especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira e amante e aprendiz de publicitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *