Ideias que
conectam pessoas
Mala direta: saiba mais sobre essa ferramenta importante para conquistar o público

Mala direta: saiba mais sobre essa ferramenta importante para conquistar o público

O contato com clientes e potenciais clientes tem mudado muito nos últimos tempos. Quanto mais estreita for a relação estabelecida, maiores são as chances de sucesso nas vendas ou nos fechamentos de negócios.

Os clientes têm criado uma espécie de barreira contra as empresas que os procuram somente quando querem, no desespero, vender seus produtos e serviços. Atualmente, é preciso desenvolver uma estratégia que busque agregar valor através de conteúdo pertinente para o público-alvo.

Mas, não basta desenvolver o conteúdo e pensar na estratégia: é preciso que isso chegue ao conhecimento do seu cliente e, além disso, que gere uma ação da parte dele. Por isso, a newsletter (mala direta) é uma ferramenta que, se bem utilizada, pode trazer bons resultados para a sua empresa.

Nem demais, nem de menos

É difícil falar, com certeza, qual a frequência de envio de newsletters. Cada empresa, cada ramo de negócio tem um tipo de público que precisa ser estudado para saber quantos e-mails devem ser enviados.

Aposte no visual

Imagens expressivas, com boa resolução, aliadas a um texto bem produzido e analisado são uma das chaves para uma news com altas taxas de conversão. Se a linguagem do seu público for mais descontraída, vale também apostar em GIFs.

Variação de assunto

Não é só venda assim como não é só conteúdo educativo: uma boa estratégia de envio de newsletter tem que ser variada e estudada com frequência. Mescle conteúdo, venda, dicas, promoções e também leve em consideração, por exemplos, os períodos de envio, por exemplo: no fim de ano você pode focar um pouco mais em vendas.

Como convencer meu cliente a cadastrar seu e-mail

O sucesso da newsletter começa muito antes do envio. A estratégia inicia quando você convence seu potencial cliente a cadastrar seu e-mail no seu site. A velha chamada com “Cadastre seu e-mail e receba nosso conteúdo” pode não ser suficiente.

Por isso, analisar seu site pelos olhos do usuários para definir onde será o campo de cadastramento do e-mail é essencial. Além disso, apostar em uma chamada um pouco mais ousada e diferente também é uma alternativa.

Se o marketing da sua empresa conta com o envio de newsletter, vale a pena investir mais tempo e, talvez, dinheiro no seu desenvolvimento e na análise dos resultados obtidos. Quer saber mais sobre o envio de e-mails? Leia nosso post “Aumente suas vendas com e-mail marketing“.

Michele Garbin

Redatora publicitária, mãe coruja e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, Especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira e amante e aprendiz de publicitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *