Ideias que
conectam pessoas
Vilões do tempo: acabe com eles agora!

Vilões do tempo: acabe com eles agora!

Excesso de trabalho, excesso de tarefas, excesso de compromissos e, por consequência, excesso de cansaço. Se identificou? Se sim, eu te convido a conhecer um pouco mais sobre os vilões do seu tempo e tomar as rédeas da situação.

Seria muita hipocrisia falar que atualmente vivemos uma época de águas calmas. A rotina, o dia a dia, estão sendo vividos em um ritmo acelerado. É muito comum ouvirmos as pessoas falando que faltam horas no dia para a quantidade de atividades a serem desenvolvidas.

Mas, será que falta mesmo? Ou não estamos preparados para organizar nosso tempo e desperdiçamos boa parte dele com vilões disfarçados?

Para sanar essa dúvida e te ajudar a desacelerar sem ser improdutivo, apresentamos maneiras bem simples de acabar com os chamados vilões do tempo!

Largue o papel de vítima!

Sim, faça isso agora. A vida é sua, o dia é seu. As tarefas não aparecem em um toque de mágica para encher o seu dia. É você quem o programa, o organiza, o gerencia; portanto, o papel de vítima não faz o menor sentido.

Gerenciar, mas não robotizar

Você tem o controle da situação, então, é você quem decide como organizar o seu tempo. É importante e necessário buscar meios eficientes para fazer essa organização.

Mas, tenha o cuidado de não robotizar esse processo. Aplicativo e gerenciador para tudo na vida só atrapalha ao invés de ajudar. Espontaneidade na hora de decidir, de controlar, de fazer escolhas dá muito mais certo.

Permita-se fazer testes

Depois de identificar o que está roubando seu tempo, permita-se fazer testes. Quero dizer que em determinado momento, você pode excluir uma tarefa que parecia roubar seu tempo, mas, tempos depois, inseri-la novamente e excluir outra.

Esse é um procedimento bacana que permite a manutenção do gerenciamento do seu tempo de maneira a não engessar as sua atividades e, no fim das contas, você boicotar o que mesmo propôs.

Você precisa de tempo livre!

E muito. Ele é essencial para que você descanse e “desacorrente” sua mente dos pensamentos ansiosos. Não falo de procrastinação, falo de atividades que realmente contribuam com o seu bem-estar e que não causem um efeito de culpa depois.

Perder tempo é desperdiçar vida!

Sim, sim e sim. Cada minuto perdido com algo que te deixa infeliz ou insatisfeito é sinônimo de vida desperdiçada.

Você só tem uma vida e vai querer jogá-la fora? Pense nisso!

Michele Garbin

Redatora publicitária, mãe coruja e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, Especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira e amante e aprendiz de publicitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *