Ideias que
conectam pessoas
Nas ondas do rádio: 5 dicas para criar um spot de sucesso

Nas ondas do rádio: 5 dicas para criar um spot de sucesso

Tem gente que é fisgado pelo estômago; outros, pelo olfato. Quando falamos de rádio, temos a oportunidade de captar o cliente através da audição. São diversos recursos que ativam a mente do consumidor com um único objetivo: fixar a marca e induzi-lo à compra.

Com tantas mídias disputando a atenção do consumidor, não é fácil se destacar. Mas, se bem trabalhado, pensado e produzido, o spot pode ser uma mídia de resultado e de muito sucesso para a sua empresa.

Em parceria com a Mister G, selecionamos algumas dicas que farão do seu spot um super sucesso!

1. Bom roteiro + boa produção

Não adianta ter um bom texto se não houver uma boa produção. E não adianta ter uma super produção sem um bom texto. Uma coisa completa a outra e cada um tem um papel importantíssimo.

Nessa hora, é importante ter em mente qual mensagem se quer passar e que tipo de público se quer atingir. Muitas vezes, um roteiro com uma idéia legal, porém, cheio de “curvas” até chegar na mensagem final, pode ser um tiro no pé.

_DSC0069

2. Não exagere nos efeitos

Não é a quantidade de efeitos que você coloca no spot que o faz ser um sucesso. Aliás, o excesso de efeitos pode prejudicar a mensagem que você pretende passar.

O trabalho da “Psicoacústica” é essencial para entender que, muitas vezes, menos é mais. Vivemos dias de grande poluição “sonora” e o silêncio poder ser uma ferramenta importantíssima na construção da peça.

Imagine um bloco comercial, com spots carregados, locuções quase gritadas, com toneladas de efeitos e o seu tímpano pedindo socorro… Aí, entra um comercial leve, com os primeiros 2 segundos de silêncio – seu cérebro de imediato interpreta algo diferente – a partir dos 2 segundos iniciais, entram trilha e locução leves – seus ouvidos agradecem…e seu cérebro consegue captar a mensagem mais facilmente.

Geralmente spots carregados de efeitos são usados no varejo, com locução grave, imponente, com efeitos de explosões etc., como em lojas de eletro.

Analise o que realmente agrega à produção. Evite o restante!

3. Escolha de voz

Feminina, masculina, infantil, diálogo… há infinitas possibilidades para narração. Antes de enviar para a produtora, faça testes (com a sua equipe mesmo) de quais vozes se encaixam e passam melhor o texto.

Uma das formas de interpretação que é tendência nos dias do hoje é a “coloquial. Nesse caso, o texto é interpretado como se o locutor estivesse conversando com o ouvinte e não simplesmente lendo o texto.

4. Escolha de trilha

A narração ganha mais vida quando é acompanhada de uma boa trilha. Na escolha do melhor acompanhamento, vale uma conversa com a produtora.

Com o texto em mãos, juntos, vocês podem decidir se o que a trilha deve incitar no ouvinte, correlacionando-a ao roteiro. É preciso também ter cuidado com os direitos autorais.

Prós e contras do banco de trilhas

Afinal, esse é um “detalhe” que não pode passar despercebido. Existem, sim, bancos de trilhas gratuitas. Por outro lado, elas já foram muito utilizadas e o risco pode ser grande de você utilizar a mesma trilha, nas mesma mídia e no mesmo espaço que um concorrente seu está usando.

Nesse caso, converse com a produtora e peça um orçamento para a produção de uma trilha específica para o spot. Essa trilha será desenhada de acordo com o roteiro, deixando a peça única. Hoje os custos para a produção de uma trilha baixaram significativamente. Vale a pena apostar na exclusividade!

_DSC0067 cópia

5. O papel do roteiro

Antes de mais nada, é preciso muita atenção ao desenvolver o roteiro. É ele que vai nortear todo o processo para os envolvidos e, como é um trabalho feito a muitas mãos, quanto mais específico e claro ele for, melhor.

Entre muitos outros, esses são os passos básicos para a produção de um spot que seja muito mais que agradável: que traga resultados efetivos para o seu negócio!

Michele Garbin

Redatora publicitária, mãe coruja e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, Especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira e amante e aprendiz de publicitário.

5 Comentários

  1. Tiago Levitta
    24 de setembro de 2016 às 22:10 · Responder

    Muito bom, parabéns.
    Tiago Levitta, Locutor publicitário.

  2. como ter uma radio
    7 de março de 2017 às 23:51 · Responder

    Obrigado pelo conteúdo.

  3. Nayara Gerin
    14 de novembro de 2017 às 15:58 · Responder

    Gostei das dicas.. Parabéns

  4. Carlos Eduardo
    22 de abril de 2018 às 14:29 · Responder

    Muito bom o artigo. Ajudou muito em uma questão de prova acadêmica.

  5. criarblogpro.com.br
    23 de abril de 2018 às 08:41 · Responder

    Apenas o que eu estava procurando, obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *