Ideias que
conectam pessoas
À partir de oje, voçê apremde: 10 erros de escrita que prejudicam a sua comunicação

À partir de oje, voçê apremde: 10 erros de escrita que prejudicam a sua comunicação

Estranhou o título do post? Pois é, apesar de gritantes, alguns erros de escrita ainda passam despercebidos aos olhos de muitas pessoas. E, às vezes, eles não têm nem ideia do quanto isso pode ser nocivo à comunicação e, também, à credibilidade.

Desde a crase mal colocada (ou não colocada) até o erro de concordância, passando pelas “novas” regras do Acordo Ortográfico, há muita informação equivocada e muitos erros estampando a nossa comunicação.

Por isso, hoje, vamos expor e explicar alguns erros bastante comuns que cometemos, muitas vezes, sem perceber.

Não tem nada haver essa preocupação!

O correto é nada a ver, que significa: não tem sentido, não há relação, não diz respeito.

Você, não pode colocar vírgula nessa frase!

A vírgula, nessa frase, machuca mais que muito tapa! Relembrando os ensinamentos lá do tempo de escola, não se separa sujeito e predicado. Para quem tá com memória seletiva, aí vai a explicação:

– Sujeito é quem pratica a ação; no caso, “você”;
– Predicado é a ação praticada pelo sujeito; no caso, “não pode colocar vírgula nessa frase”.

A estreia fez a plateia vibrar!

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, os ditongos abertos oi e ei das palavras paroxítonas não são mais acentuados; daí, a explicação de as palavras “estreia” e “plateia” não estarem grafadas com acento.

Não entendeu? Olha só:

  • Paroxítona: palavra que possui a penúltima sílaba tônica, forte;
  • Ditongo: encontro de 2 vogais na mesma sílaba.

Assim: PLA – TEI – A e ES – TREI – A

Ela estava de mal humor e, por isso, foi mau educada

Nesse caso, os antônimos são a melhor forma de identificar o uso correto.

Mau_Mal1

Imagem retirada da internet

Ou seja: Ela estava de bom humor e, por isso, foi bem educada.

Ela tava meia chateada com a meia apertada

A palavra “meia” sempre gera dúvida. Dependendo da função que ela vai desempenhar na frase, ela tem suas regras.

No caso do exemplo, temos:

“Ela tava meia meio chateada”: quando é advérbio, a palavra meia não existe; ou seja, nesse caso o correto é “Ela estava meio chateada”.

“… com a meia apertada”: aqui, a palavra meia é um substantivo, um nome e, portanto, está correta.

Ah, ela ainda pode desempenhar a função de numeral – meia xícara de chá.

À partir de amanhã, escreveremos somente “a partir”

Antes de verbos (partir), não se usa crase. Dessa maneira, também é errado escrever à combinar.

Não cometemos erros gramaticais a 10 dias

Quando for falar sobre algo que aconteceu (passado), usa-se . Ainda tem dúvidas? Substitua por faz e logo você terá a resposta.

Vamos assistir o jogo?

O verbo assistir é intransitivo, ou seja, precisa de preposição quando significar ver. Então, o correto é dizer: “Vamos assistir ao jogo?”; assim como, ao filme, à peça de teatro.

Eles tem que verificar esse acento

O verbo “ter”, quando utilizado no plural, precisar do acento circunflexo. O correto, portanto, é: eles têm que verificar esse acento.

Ela quis fazer o quiz

A conjugação do verbo “querer”, na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo, escreve-se com “s”: ele quis, ela quis.

Existe a palavra “quiz”, mas ela se refere ao jogo de perguntas e respostas.

Poderíamos listas mais um monte de erros que cometemos, sem perceber, diariamente e que comprometem a qualidade da nossa comunicação. O importante é que possamos aprender diariamente para não errar mais.

Você tem outras dúvidas de escrita? Conte pra gente nos comentários!

Michele Garbin

Redatora publicitária, mãe coruja e leitora assiduamente assídua. Graduada em Letras, Especialista em Metodologia no Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira e amante e aprendiz de publicitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *